Você está em:

Você está em:

Germinando novos talentos na Moura Dubeux

Projeto Germinar, voltado para jovens aprendizes, capacita novos profissionais e aproveita talentos, que chegam a ser efetivados pela construtora

 

O começo da vida profissional é um desafio para todos: como encarar pela primeira vez as tarefas diárias no escritório? Quais habilidades devem ser desenvolvidas? 

Para a Moura Dubeux, o caminho para a formação profissional também passa pelas habilidades pessoais de cada um. Por isso, a área de Desenvolvimento Humano Organizacional desenvolve em parceria com o SENAI o Projeto Germinar, voltado para jovens aprendizes. Além do Recife, o projeto também acontece as unidades MD em Fortaleza, Natal e Salvador. 

A ideia do projeto é levar para situações do dia-a-dia dicas e sugestões de práticas, estimulando que os aprendizes conheçam um pouco mais sobre si mesmos e como irão percorrer essa jornada profissional usando suas habilidades pessoais. 

Turma 2021 do Projeto Germinar.

A TRILHA

Para isso, foram criados quatro ciclos de desenvolvimento, que ocorrem ao longo de 1 ano do projeto. Os nomes foram inspirados em desenhos animados de sucesso.

O ciclo “Ao infinito e além”  é inspirado pela franquia Toy Story e mostra a importância do trabalho em equipe. Já no ciclo “O que Dory faria?”, os jovens exercitam um olhar mais aberto para a criatividade, inovação e pensamentos fora da caixinha.

“Missão Antártida” é o ciclo inspirado nos Pinguins da franquia Madagascar e exercita o entusiasmo, flexibilidade e foco nos resultados. Por fim, o último deles, chamado “A força de Moana”, trabalha a resiliência e o comprometimento.

“Além disso, também realizamos atividades quinzenais, em que levamos livros, textos, filmes que façam os aprendizes se desenvolverem no âmbito pessoal”, observa Pâmela Mariz, auxiliar administrativa e uma das responsáveis pelo Projeto Germinar.

FUTURO PROFISSIONAL

Ao final dos 12 meses de trabalho, muitos jovens aprendizes acabam sendo absorvidos pela própria Moura Dubeux, sendo chamados para um estágio ou até mesmo recebendo uma oferta de emprego. 

Foi o que aconteceu com o auxiliar de controladoria Guilherme Kemerich, de 22 anos.  Ele começou como jovem aprendiz na MD em outubro de 2020, e um ano depois foi efetivado.

“Desde o início me senti muito bem-vindo e motivado pelo amor que eles me passaram, me sentia ainda mais motivado. Eu chegava em casa e ia estudar sobre a MD, sobre minhas funções. Foi uma experiência linda, um aprendizado enorme. Mudei como profissional e como pessoa graças ao Projeto Germinar”. 

Para Elidiane Melo, coordenadora de DHO da MD, o programa mostra como a aprendizagem pode transformar vidas. “É uma iniciativa que promove uma jornada que vai além do profissional, pois impacta caminhos que constroem sonhos e geram vida”, completa.

SAIBA MAIS 

Quais são as habilidades exigidas do profissional do futuro? O Fórum Econômico Mundial [FEM] buscou responder a essa pergunta ao publicar o “relatório do futuro do trabalho” no final de 2020. Foram consultadas 291 empresas ao redor do mundo que, juntas, representam cerca de 7,7 milhões de funcionários.

Essas são as principais qualidades que as empresas buscam em um profissional, de acordo com o FEM:

Habilidades em alta até 2025

  1. Pensamento analítico e inovação;
  2. Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizado;
  3. Resolução de problemas;
  4. Pensamento crítico;
  5. Criatividade;
  6. Liderança;
  7. Uso, monitoramento e controle de tecnologias;
  8. Programação;
  9. Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade;
  10. Raciocínio lógico;
  11. Inteligência emocional;
  12. Experiência do usuário;
  13. Ser orientado a servir o cliente (foco no cliente);
  14. Análise e avaliação de sistemas;
  15. Persuasão e negociação.

 

 

Categorias

Relacionados

Atualização de cadastro